v9q4t6fuw96carh2767v4vmt20xu3s

Aquecedor solar de água versus energia fotovoltaica

Blog-Anet-38

O que vale mais: investir em energia fotovoltaica ou em aquecedor solar de água? Essa é uma pergunta recorrente para quem deseja aproveitar a luz do sol na economia de energia. Pois saiba que esses sistemas são diferentes, tem objetivos, preços e vantagens diferentes. Por isso, é indicado avaliar as duas oportunidades e verificar a que melhor atende o consumidor.

E tudo começa com a pergunta inicial: “quanto quero economizar?” Se o seu objetivo é gastar menos com o chuveiro, o aquecedor solar de água irá te atender. Porém, se você gosta mesmo de economizar e quer um sistema que gere energia elétrica para toda a sua residência, o melhor é optar pela energia fotovoltaica. Vamos entender por quê?

Aquecedor solar de água

Aquecedor solar de água.

Aquecedor solar de água.

O sistema de aquecedor solar utilizam placas do tipo coletor solar térmico. Elas têm a função de captar a energia térmica e transferi-la para a água que circula no interior de tubulações de cobre. Essa água fica armazenada em um reservatório térmico, conhecido como Boiler. Estes são cilíndricos, geralmente de cobre, inox ou polipropileno. Com isso, busca manter a água aquecida durante um período de tempo.

Nos sistemas convencionais, a água circula entre os coletores através de um sistema natural, chamado termossifão, de tal maneira que a água fria “empurra” a água quente (menos densa).

Mas por garantia, todo sistema de aquecimento solar de água precisa de um sistema auxiliar. Isso porque é comum faltar água quente em dias chuvosos, inverno nublado ou quando aumenta a quantidade de pessoas na casa tomando banho. Portanto, para que não falte água quente, é necessário contar com um auxiliar a gás ou elétrico.

Lembrando que há outro tipo de aquecedor, o aquecedor de ambiente. Diferente desse que aquece a água, o outro aquece o ambiente em dias frios. E ele é um aquecedor elétrico. Para utilizá-lo, o ideal é em associação com a energia solar, apresentada a seguir.

Energia solar fotovoltaica

Telhado com energia solar

Energia solar fotovoltaica residencial.

Os sistemas de energia fotovoltaica utilizam placas com células fotovoltaicas, que captam a radiação solar. Com isso, eles são capazes de transformar a luz do sol em energia elétrica. Diferente dos aquecedores, que apenas aquecem a água, os sistemas fotovoltaicos geram energia para todo o imóvel.

Isso porque os sistemas contam com um inversor, que transforma a corrente contínua (gerada pelas placas) em corrente alternada, comumente utilizada para fins de consumo de eletricidade no mercado.

Outra vantagem desses sistemas é a possibilidade de ligação na rede da concessionária, caso dos sistemas on-grid. Sendo assim, a energia que não for consumida no momento, entrará na rede da concessionária e ficará como crédito energético para o seu produtor. Esse crédito dura até 60 meses e funciona como um reserva, suprindo a necessidade de consumo quando houver mais gastos que geração de energia.

Como geram eletricidade, o grande diferencial dos sistemas fotovoltaicos é a economia na conta de luz. Se bem planejados, eles podem reduzir a conta para o mínimo da concessionária, que varia de acordo com o tipo de ligação (monofásico, bifásico ou trifásico).

Vantagens e desvantagens: sistemas fotovoltaicos vs aquecedor solar

Agora que você conhece brevemente os dois tipos de sistema, vamos ver as vantagens e desvantagens de cada um. No geral, os sistemas fotovoltaicos são melhores, geram bem mais economia, atendem o consumidor de uma maneira ampla, pois produz eletricidade. Já os aquecedores são, à princípio, mais baratos. Porém, só aquecem a água e não reduzem significativamente a conta de luz.

Para comparar os dois sistemas, vamos analisar alguns indicativos.

Quadro comparativo

Comparativo de energia fotovoltaica X aquecedor solar de água.

Mito sobre o preço

É comum ouvir que o preço do aquecedor solar de água é menor. Porém, essa é uma conta que precisa de mais atenção, pois, enquanto o sistema fotovoltaico gera energia elétrica para casa toda, o aquecimento apenas esquenta a água. Isso significa uma diferença grande na economia que cada sistema gera.

Por isso, a economia inicial com a compra do sistema não deve ser um fator decisivo. Se analisado com cuidado, o consumidor perceberá que a economia gerada por um sistema de energia solar fotovoltaica não só paga o custo de aquisição, como também gera economia a longo prazo. Isso porque os equipamentos têm uma vida útil de 25 anos, sendo que o retorno do investimento acontece, em média, a partir do 3º ano.

Vamos utilizar como exemplo a conta de luz de uma família que paga R$350,00 de conta de luz, por mês. Enquanto o aquecimento solar de água reduziria cerca de 25% da conta, ou seja, economia de R$87,00, os sistemas fotovoltaicos reduziriam a conta de luz para o mínimo, uma economia de R$240,00 por mês, em média. Imagine isso a longo prazo. Qual sistema você acha que fará economia de verdade?

É por esses e outros motivos que a energia solar fotovoltaica é considerado um investimento, e não apenas uma compra. Afinal, são 25 anos economizando. Isso faz com que ela seja, inclusive, comparada com as aplicações do mercado financeiro. E surpresa: ela rende mais. Quer ver? Leia esse texto que preparamos para você: “Energia solar vs Renda fixa”.

Tem outras dúvidas sobre energia solar?

Dúvidas

Leia também…

Energia solar no Brasil: vantagens em crescimento.

BNDS financia energia solar para pessoa física. 

Energia solar: cinco principais dúvidas.