v9q4t6fuw96carh2767v4vmt20xu3s

Tudo sobre energia solar fotovoltaica

Blog-Anet-25

As vantagens da energia solar têm conquistado cada vez mais consumidores. A possibilidade de reduzir até 95% da sua conta de luz, ter o retorno do investimento garantido e uma rentabilidade maior que a de muitas aplicações do mercado despertou o interesse de muitos consumidores. Tudo isso produzindo a própria energia renovável de maneira sustentável. Mas como toda novidade, muitas são as dúvidas que surgem. Por isso, confira nesse post tudo sobre energia solar fotovoltaica.

O que é energia solar fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é a energia obtida da conversão direta da luz solar em eletricidade. Isso é possível graças as chamadas células fotovoltaicas, componente dos painéis solares. Diferente de outros sistemas, como o de aquecimento solar, por exemplo, a energia fotovoltaica produz eletricidade para a maioria dos equipamentos e aparelhos residências, comerciais e industriais. Existem diferentes soluções para a geração de energia solar, portanto há projetos para os diferentes perfis de consumidor. Veja mais sobre como funciona a energia solar nesse link. 

Como funciona energia solar

Energia solar residencial

Passo a passo do sistema fotovoltaico

Você sabe como a energia fotovoltaica é produzida? O funcionamento da energia solar envolve cinco principais passos:

  1. Primeiro, a luz solar atinge um painel fotovoltaico e gera energia em corrente contínua, que flui para um inversor.
  2. O inversor converte a eletricidade de CC (corrente contínua) para CA (corrente alternada).
  3. Caso exista consumo no momento, ele irá enviá-la ao quadro de distribuição. Caso contrário, será enviado para o relógio bidirecional.
  4. A energia gerada pelas placas e convertida pelo inversor para CA será usada na casa quando necessário.
  5. A energia convertida pelo inversor para CA que não for utilizada será injetada na rede elétrica da concessionária. Com isso, será gerado seus créditos de energia.

Como captar energia solar

Agindo como um grande reator nuclear natural, o sol libera a cada instante pequenos pacotes de energia ( radiação solar ). Esses pacotes são chamados fótons. Eles percorrem aproximados 150 milhões de quilômetros, em cerca de 8,5 minutos, para chegar a Terra.

A cada hora, a quantidade de fótons que atingem nosso planeta seria suficiente para gerar energia para, teoricamente, satisfazer as necessidades energéticas globais por um ano inteiro.

Para captar essa energia é necessário ter um sistema fotovoltaico, ou seja, os equipamentos de energia solar fotovoltaica.

Equipamentos de energia solar fotovoltaica

Basicamente, um sistema fotovoltaico é formado pelas placas solares, inversor, stringbox, estruturas de fixação e cabos. A placa solar, também conhecida como painel fotovoltaico, é o módulo de captura. Ou seja, um conjunto de células fotovoltaicas que possuem elétrons (partículas de carga negativa que giram ao redor dos núcleos dos átomos), que ao serem atingidos pela luz, movimentam-se gerando uma corrente elétrica.

Essa corrente elétrica é produzida em corrente contínua e segue para o inversor. Este tem a função de convertê-la em corrente alternada, tipo utilizado nos principais equipamentos elétricos. Do lado do inversor fica a stringbox.

Consideradas as “protetoras” dos sistema fotovoltaico, as stringboxs tem a função de proteger o bloco de geração do bloco de condicionamento. Na stringbox são encontradas peças necessárias para impedir, quando em sobretensão, descargas elétricas ou curto circuitos. Desse modo, as descargas não passam para o inversor. Assim também, eles possuem peças para impedir que os mesmos venham da rede elétrica da concessionária ou quadro de energia para as placas.

Já as estruturas de fixação são peças específicas para cada tipo de telhado, terreno ou local onde serão instalados os painéis fotovoltaicos. Entenda mais sobre o kit de energia solar clicando aqui.

Como a energia solar é transformada em elétrica

Os sistemas fotovoltaicos têm como função transformar a energia provida pelo sol em eletricidade. Para isso, são precisos os equipamentos já citados anteriormente: painel solar, inversor, stringbox e estruturas de fixação. Esse é o kit de energia solar que tem transformado a vida de muitos consumidores. Com ele é possível reduzir a conta de luz para o mínimo, com retorno do investimento inicial. Conheça mais sobre os equipamentos de energia solar fotovoltaica.

Quem inventou a energia solar

Pensa que a energia solar fotovoltaica é uma novidade? Pois, saiba que a sua origem data do século XIX. A primeira célula solar foi construída por Charles Fritts, na década de 1880, chegando-se ao conhecido efeito fotoelétrico.

O engenheiro alemão Bruno Lange também é um nome de destaque. Ele construiu, em 1931, protótipos de células de selênio. Mas um grande avanço ocorreu em meados do séc. XX, quando os pesquisadores Gerald Pearson, Calvin Fuller e Daryl Chapin criaram a célula solar de silício cristalino. De lá pra cá foram muitos os avanços. Com isso, os sistemas disponíveis hoje no mercado possuem boa eficiência e estão cada vez mais modernos. Conheça mais sobre a história da energia solar nesse link.

Onde posso instalar um sistema fotovoltaico

Há diferentes soluções no mercado para atender aos diversos tipos de consumidores. Os sistemas de energia solar podem ser para uso residencial, comercial, industrial ou rural. E os equipamentos podem ser instalados em diferentes locais, tais como telhados, solo, garagens e outros. O importante é contar com um bom planejamento. Por exemplo, analisar a incidência de sol no local da instalação, as possíveis zonas de sombra, o clima e relevo de cada região, a inclinação das placas solares, a necessidade de consumo de cada cliente, entre outros tantos detalhes. Para isso, contar com a ajuda de uma empresa especializada é a melhor solução.

Energia solar para residência

O mercado residencial é o que mais cresce. Isso porque são muitas as vantagens. Imagina o que é possível fazer economizando o dinheiro gasto com a conta de luz?! Uma viagem dos sonhos, a reforma da casa, o carro novo etc. Conheça mais sobre a Energia Solar Residencial.

Energia solar para empresa

A economia é geralmente o principal objetivo das empresas que investem em energia solar. Mas há outras vantagens. Por exemplo, a responsabilidade socioambiental relacionada à imagem institucional das empresas. Com opções personalizadas para cada tipo e tamanho de empresas, a energia solar é um fator que ajuda na competitividade e pode impactar no preço, no lucro e no crescimento empresarial. Conheça a Energia Solar Comercial.

Energia solar para área rural

Há opções de energia solar para sítios, fazendas, agronegócios e casas rurais. Todas geram economia, energia limpa e renovável, possibilidade de aumentar a competitividade dos agronegócios e de ter eficiência energética. A geração de energia solar também é uma boa alternativa para os casos em que não há a disponibilidade da rede da concessionária no local. Entenda como funciona a Energia Solar Rural.

Energia solar para condomínios

A arquitetura inteligente já chegou a muitos condomínios. Formas sustentáveis de lidar com as necessidades, oportunidades e benefícios disponíveis têm transformado a vida dos condôminos. E uma das formas de implementar tais atividades é a geração consciente de energia, caso da fotovoltaica. Conheça mais sobre os condomínios sustentáveis nesse link.

Energia solar para indústria

As indústrias podem reduzir até 95% dos seus gastos com energia se utilizar um sistema fotovoltaico. Com possibilidades de economia e rentabilidade a longo prazo, as indústrias com energia solar podem melhorar a sua competitividade de mercado. Além disso, investem em práticas de responsabilidade social. Conheça sobre a Energia Solar Industrial.

Qual a potência do sistema fotovoltaico

Os sistemas fotovoltaicos são planejados de maneira personalizada. Ou seja, para cada tipo de consumidor, há um tipo de sistema. Esse planejamento é realizado com base na necessidade de consumo de eletricidade. A quantidade de painéis solares, o tamanho do inversor e a potência do sistema são definidos a partir da quantidade de Kwh/mês que precisa ser gerada. Então, para ter um sistema eficiente e uma boa economia, o ideal é realizar esse planejamento com a ajuda de profissionais capacitados.

O que é kwp de energia solar

O kwp (leia-se “quilo-watt pico”) é a potência máxima que o sistema de energia solar pode atingir. Essa potência varia de acordo com a necessidade de cada consumidor e é calculada na etapa do planejamento. Geralmente a potência vem indicada nos orçamentos realizados pelas empresas de energia solar. Por exemplo, um sistema de 5,4Kwp irá produzi no pico da sua geração 5,4Kw (5400W).

Mas, atenção! Isso não significa que o sistema irá gerar sempre a potência máxima do pico. Isso só acontecerá nos melhores momentos de geração. Por isso, para que um sistema produza energia suficiente para o consumo de um determinado estabelecimento, é necessário um bom planejamento. Assim, leva-se em conta todas as interferências (como clima, local, zonas de sombra etc.) que influenciam na produção de energia. Como esses fatores variam de cliente para cliente, o estudo da potência precisa ser personalizado.

Como instalar um sistema de energia solar e gerar a própria eletricidade

Manutenção periódica anual ajuda a garantir performance dos equipamentos.

Para instalar um sistema de energia solar fotovoltaico é preciso conhecimento, planejamento e experiência. Pois mais do que simplesmente comprar os equipamentos e montá-los, é necessário fazer um estudo técnico, o dimensionamento e pedir a liberação na concessionária de energia elétrica.

Por isso, a solução mais eficiente é contar com a ajuda de uma empresa especializada. Ela terá capacidade de dimensionar um sistema que atenda a sua necessidade de consumo, gerando mais economia. Além disso, saberá lidar com as diversas questões que influenciam no sistema. Por exemplo, o clima de cada região, a incidência solar, as zonas de sombra, a melhor localização para instalação das placas solares etc. Com isso, a segurança do seu investimento estará mais garantida.

Saiba mais sobre a instalação dos painéis fotovoltaicos clicando aqui.

Energia solar funciona a noite?

Durante o dia, os painéis solares (módulos fotovoltaicos) captam a luz do sol e geram energia. Portanto, a noite não há geração. No entanto, pode ficar tranquilo que não vai faltar eletricidade! A quantidade de energia gerada durante o dia poderá ficar armazenada em forma de créditos junto à concessionária ou em baterias. Com isso, essa energia suprirá a necessidade de consumo durante os períodos noturnos. Por isso, é extremamente importante investir em um bom sistema, planejado de forma personalizada para atender à necessidade de cada consumidor.

Por que instalar energia solar?

A energia solar fotovoltaica é indicada para quem deseja economizar. Isso porque ela pode reduzir até 95% da sua conta de luz. Ela é também uma boa opção para quem está interessado em sustentabilidade e responsabilidade socioambiental. Além disso, é uma forma de investimento. A economia gerada, quando comparada a muitas das aplicações do mercado financeiro, tem melhor rentabilidade. Conheça essas e muitas outras informações no Blog da Anet Volt.

Como a energia solar fotovoltaica pode ser aproveitada

Ela gera eletricidade para a maioria dos equipamentos eletrônicos, eletrodomésticos, aquecedores, equipamentos elétricos, lâmpadas e formas de iluminação, além de muitos outros. Ou seja, ela substitui a necessidade de comprar muita energia das concessionárias. Seu aproveitamento é diversificado. Isso significa que ela pode ser utilizada em residências, comércios, indústrias, áreas rurais e condomínios. Conheça todas as possibilidades no site da Anet Volt.

Por que energia solar é pouco difundida no Brasil

Era pouco difundida. A nova realidade indica um mercado em grande crescimento. Em 2017, por exemplo, houve um aumento de aproximadamente 300% no número de sistemas instalados. Estimativa da Aneel prevê que até 2020 haverá cerca de 170 mil sistemas de energia solar ligados à rede. Entenda porque as vantagens da energia solar conquistam cada vez mais consumidores.

Energia solar é sustentável e renovável

A energia solar fotovoltaica é uma fonte de energia renovável (diferente do uso de combustíveis fósseis ). Ou seja, é uma energia limpa advinda de recursos naturais, no caso específico, o sol. Isso significa que ela não agride o meio ambiente e é naturalmente reabastecida.

E mais. A energia fotovoltaica é a fonte renovável que mais cresce atualmente no Brasil. Ainda que haja outras opções, a energia heliotérmica é um exemplo, a energia solar tem muitas vantagens. A começar pelo índice de radiação solar no Brasil, propício ao uso dessa fonte de energia. Até 2017, o setor contabilizou mais de 20 mil sistemas instalados. E a previsão para 2018 é de fechar o ano na casa dos 50 mil sistemas. Conheça mais sobre esse crescimento nesse post: “Energia Solar no Brasil – vantagens em crescimento”.

Posso zerar minha conta de luz?

Mito. Os usinas solares mais eficientes do mercado (on-grid) não zeram a conta de luz. No entanto, eles são capazes de reduzi-la para o mínimo. Funciona assim: toda concessionária tem um valor mínimo que será pago pelo cliente; mesmo ele não consumindo nada, ele pagará essa quantia; e ela varia de acordo com a instalação (monofásico, bifásico ou trifásico). Os sistemas fotovoltaicos eficientes geram a energia suficiente que o consumidor precisa, de modo que ele só pagará pelo mínimo cobrado obrigatoriamente pela concessionária.

A possibilidade de ficar totalmente isento da concessionária é a utilização dos sistemas off-grids, com baterias. Conheça abaixo mais sobre esses tipos de sistemas.

Tipos de placa solar/painel fotovoltaico

Há diferentes tipos de painéis fotovoltaicos. Por exemplo, painel fotovoltaico de silício monocristalino, painel fotovoltaico policristalino, painel se silício amorfo etc. Muitas são também as marcas. As 10 marcas líderes indicadas em 2017 foram: Canadian SolarJA SolarRisen EnergyYingli GreenTrina Solar; Hanwha Q-CellsLongi SolarGCLShufeng; e Jinko Solar. Importante também conferir a certificação Imetro. Veja informações sobre as placas solares e saiba como fazer uma escolha consciente.

Benefícios e vantagens da energia solar

São muitos os benefícios da energia fotovoltaica. A economia é o principal, buscado pela maioria dos consumidores. Pode-se reduzir até 95% da conta de luz com energia solar. Além disso, essa economia garante o retorno do investimento inicial em alguns meses. E tem melhor rendimento que muitas das aplicações do mercado financeiro. É uma fonte renovável, pode ser dividida com outros imóveis, tem uma longa vida útil, imunidade às altas tarifas e valorização do imóvel. Confira mais sobre essas e outras vantagens da energia solar.

Desvantagens da energia solar

Ainda há pouco incentivo à energia solar. Mas ainda que reduzidas, há algumas opções disponíveis no mercado, como parcelamentos específicos em até 60 meses. Além disso, recentemente, o cenário tem mudado e a consciência ambiental ganhado presença na política pública de muitos países.

Outra desvantagem é que a energia fotovoltaica não pode ser instalada em todos os lugares. Dependendo da topografia, das zonas de sombra e incidência de sol em cada local, pode haver impossibilidade ou ineficiência no sistema. Por isso, a ajuda de um profissional na hora da instalação é essencial. A boa notícia é que o Brasil é um país beneficiado nesse quesito. Então, vamos aproveitar!

A forma de armazenamento, para os sistemas off-grids, também é uma questão importante. Tem um custo elevado e uma vida útil menor que a do restante dos equipamentos. Mas a tecnologia tem se aprimorado. Por isso, o mais indicado hoje são os sistemas on-grids, pois não precisam de bateria.

Por fim, o preço é uma questão vista por muitos como empecilho. Mas saiba que existe um mito sobre o preço. Veja abaixo sobre essa questão. E conheça com detalhes as vantagens e desvantagens da energia fotovoltaica.

Quanto custa energia solar

Acha que a energia fotovoltaica é cara?! Pois saiba que existe um mito sobre o preço. A economia gerada pelos sistemas fotovoltaicos garante o retorno do investimento em alguns meses. Além disso, a longo prazo, essa economia pode rentabilizar mais do que muitas aplicações do mercado financeiro. Portanto, a energia fotovoltaica não é considerada uma mera compra, e sim um investimento. Saiba mais nesse post: “Energia Solar vs. Renda Fixa”.

Energia solar no Brasil é vantajosa

O Brasil é um país favorável quando o assunto é a energia solar. O clima, a incidência solar e o relevo contribuem para que essa seja uma das energias renováveis mais importantes nacionalmente. Por isso, seu crescimento tem sido expressivo nos últimos anos. Até 2017, o setor contabilizou mais de 20 mil sistemas instalados. E a previsão para 2018 é de fechar o ano na casa dos 50 mil sistemas. Conheça mais nesse link.

O que é energia solar on-grid

sistema fotovoltaico On-grid é ligado diretamente à rede elétrica da concessionária, sem a necessidade de bateria. Faz uma troca de energia com a rede. Por exemplo, a energia gerada pelas placas solares que não for imediatamente consumida, entrará automaticamente na rede da companhia de energia e ficará como crédito para o consumidor. Esse crédito tem validade de 60 meses e será utilizado quando o consumidor não gerar toda a energia que precisa no momento.

O que é energia solar off-grid

sistema fotovoltaico Off-grid não precisa de ligação com a concessionária, mas necessita de uma bateria. É indicado para os casos em que há recorrente queda de energia da rede elétrica ou quando esta é inexistente. Apesar de ser mais independente, demanda um investimento inicial maior e tem um retorno do investimento mais longo, quando comparado com o sistema on-grid.

Como armazenar energia solar

Há dois tipos de sistemas, como visto anteriormente. Os sistemas off-grids são aqueles que utilizam bateria para armazenar a energia produzida pelas placas solares. Há diferentes tipos de baterias no mercado, com vida útil variando, geralmente, de 5 a 10 anos. Seu custo de investimento não é baixo, mas ela é uma excelente opção para os casos em que não é possível a utilização da rede elétrica da concessionária. Por exemplo, áreas rurais, trailer e outros veículos móveis, instituições que não podem sofrer queda de energia etc.

Já os sistemas on-grid (sem baterias), armazenam energia na forma de créditos junto a concessionária de eletricidade de cada região. Com isso, demandam um investimento menor e um retorno do investimento (ROI) mais rápido.

Energia solar impactos ambientais

O impacto ambiental da energia solar é na maior parte dos casos positivo. Energia limpa e renovável, ela não causa alguns dos problemas das hidrelétricas, tais como agressão de recursos naturais, a derrubada ou alagamento de florestas, desvio de curso de rios e impactos na fauna das regiões onde se localizam.

Além disso, a energia solar pode ajudar a diversificar a matriz energética nacional. Não é vantajoso para um país ficar dependente de uma única fonte de energia.

Porém, o impacto que precisa de atenção é quanto ao descarte futuro dos equipamentos. Os sistemas têm uma vida útil média de 30 anos. A dúvida que hoje tem sido estudada é o que fazer com esse material após esses anos. Ou seja, encontrar soluções para que esse descarte não agrida o meio ambiente.

Orçamento de energia solar

O orçamento é a etapa inicial e nela algumas dicas são importantes. Para realizar o orçamento é preciso saber o tipo de ligação, de telhado ou local de instalação das placas e a média mensal de consumo de energia. Para isso, o ideal é levar uma conta de luz para o consultor, pois nesta é possível verificar essas informações. O orçamento estará diretamente relacionado à etapa seguinte, de vistoria e planejamento. Portanto, para sua segurança, procure sempre empresas especializadas e com prática no setor.

Quanto posso economizar com energia solar

A economia varia de consumidor para consumidor. A energia fotovoltaica pode reduzir até 95% do valor da conta de luz. Os sistemas são planejados para que o cliente pague apenas o mínimo da concessionária. E esse mínimo depende do tipo de ligação (monofásica, bifásica ou trifásica). Por exemplo, para um cliente, hoje, da Cemig, com uma conta média de R$300 por mês, a economia pode ser de aproximadamente R$240. Ou seja, a conta reduziria para mais ou menos R$65 por mês. Simule online para saber o quanto pode economizar.

Posso vender energia solar?

A venda de energia é algo regulamentado pela ANEEL, mas apenas grandes geradores conseguem entrar nos leilões de oferta de energia. A venda de energia fora desta modalidade é proibida e passível de multa pelo órgão regulador. No entanto novas modalidades de negócio vêem surgindo para os consumidores. Desse modo, usuários que moram ou tenham negócios em locais aonde não seja possível colocar energia fotovoltaica, há outras formas de usufruir dessa tecnologia. Fale com um consultor Anet Volt para conhecer a melhor solução em energia solar para você.

Veja a opinião de quem tem Energia Solar

Cliente Anet Volt fala sobre sua energia solar. O projeto, a instalação da placa solar de silício, como funciona a energia solar e outros assuntos fazem parte desse projeto de energia solar rural. Assista.

Tirou todas as suas dúvidas? Esse foi um resumo informativo da energia solar com as principais questões sobre a utilização, instalação, manutenção e geração de energia elétrica a partir das placas fotovoltaicas. Tem alguma outra dúvida? Entre em contato com um consultor Anet Volt.

Dúvidas

Leia também…

Energia solar residencial: como produzir sua própria energia.

Energia solar comercial: competitividade e responsabilidade social.

Energia solar para áreas rurais: agronegócios eficientes.