v9q4t6fuw96carh2767v4vmt20xu3s

Porque o Brasil deve investir em Energia Solar

Blog-Anet-20

Na última década vivenciamos o crescimento da Energia Solar. A substituição das fontes de energia por renováveis e a redução nos custos tem atraído cada vez mais consumidores. E a energia solar se transformou em uma vantagem para todos os perfis de consumidores. Por isso, a Energia Solar é uma tendência mundial e o Brasil deve investir mais em Energia Solar.

A China, por exemplo, é responsável por 50% da geração de energia solar mundial. A Alemanha conta com subsídios diferenciados para quem investir em energia sustentável. E a Arábia Saudita pretende ter 6 gigawatts de energia fotovoltaica até o ano de 2020.

Já no Brasil, a produção de energia solar ainda tem margem para muito investimento. Apesar de o país ter um grande potencial, boa parte dele ainda não é utilizado. Reverter esse quadro é algo necessário, principalmente no atual momento em que os recursos naturais pedem socorro.

Como a Energia Solar pode ajudar

A Energia Solar Fotovoltaica é uma fonte de energia limpa e renovável, isso significa que ela tem uma contribuição importante para com o meio ambiente. E o Brasil, que ultrapassou 200 milhões de habitantes, ainda investe pouco em iniciativas que otimizem o uso dos recursos naturais.

O momento, aliás, é de crise. São vários os casos de poluição, danos causados por transposição e represamento dos rios, diminuição da mata nativa, dentre outros. Apenas em 2018, por exemplo, a Amazônia perdeu uma área equivalente a 13 vezes o tamanho da cidade de Belo Horizonte/MG. Isso sem deixar de lado as tragédias de Mariana e Brumadinho.

Nesse sentido, usar a energia solar significa contribuir de maneira positiva para a preservação da nossa fauna e flora. Significa diminuir os impactos à natureza, que já são suficientemente grandes e nocivos.

O Brasil precisa diversificar sua matriz energética

Você já deve ter ouvido falar sobre as crises hídricas, volume abaixo do normal nos reservatórios de água, fatores que causam, dentre outros danos, mudanças nos preços da energia elétrica no país. Pois esses são reflexos de um Estado que ainda precisa apostar mais na diversificação da sua matriz energética.

Ter uma única fonte de energia como principal pode ser perigoso. O ideal é que haja diversidade na geração de energia. E mais uma vez a energia solar se apresenta como solução.

O território brasileiro tem grande potencial. Recebe, todos os anos, altos índices de radiação solar. E há espaço de sobra para o crescimento. Hoje, o potencial do Brasil é aproximadamente vinte vezes maior do que está sendo aproveitado. Ou seja, há muito a crescer.

Esse fator, associado aos avanços da tecnologia, diminuição dos preços, formas de financiamentos e outras perspectivas aumentam a possibilidade de crescimento e uso da Energia Solar no Brasil.

Potencial de crescimento da Energia Solar

Os números são favoráveis. A energia fotovoltaica apresenta um crescimento de 300% ao ano e o país já tem mais de 50 mil sistemas instalados de microgeração de energia. Matéria publicada no Correio do Brasil aponta a tendência para 2019. A expectativa de crescimento chega a 44% da atual, o que levaria o país à marca de 3,3 gigawatts (GW) da fonte em operação.

E o crescimento é a longo prazo. A previsão sugerida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) é de fechar o ano de 2020 com mais de 170 mil sistemas instalados. Imagina como isso seria benéfico para o país!

Projeção da energia solar no Brasil. Residencial lidera os números de instalações.

Porque a Energia Solar deveria estar em todos os telhados

Além de ser importante para o meio ambiente e para a diversificação da matriz energética do Brasil, há outros motivos que contribuem para a presença da Energia Solar em todos os telhados.

Além de sustentável, a energia solar pode gerar muita economia para quem a adquirir. É possível reduzir até 95% da conta de luz. E o seu uso pode ser personalizado para diferentes perfis de consumidores: residenciais, comerciais, industriais e rurais.

O preço, que antes era um empecilho, agora não é mais um fator impeditivo. Além da redução, há diversas opções de financiamento para energia renovável (confira aqui). Inclusive, com possibilidade das parcelas serem menores que o gasto atual com a conta de luz. Além disso, a energia solar é considerada um investimento. É possível recuperar o dinheiro inicialmente aplicado com a aquisição dos equipamentos.

Outras vantagens são: a possibilidade de instalar um único sistema e gerar energia também para outros imóveis; liberdade dos impactos das altas tarifas e variações de bandeira; valorização do imóvel; longa vida útil dos sistemas, dentre outras. Confira mais sobre as vantagens da Energia Solar clicando aqui.

Simule sua Economia

Leia também…

Energia Solar duplicou em 2018.

Trocar de carro sem gastar dinheiro: como isso é possível

Mudanças incentivam crescimento da Energia Fotovoltaica

Conta de luz aumenta, mas é possível economizar. 

Conheça 5 projetos de Energia Solar em Juiz de Fora.